18 de agosto de 2008

Roteiro nocturno pola Serra do Galinheiro


A marcha polo Galinheiro até o Monte Aloia foi o único roteiro que se fijo este verao desde a Agrupaçom de Montanha Águas Limpas. Foi um roteiro nocturno, de perto de 9km, em que percorremos todos os cumes dos montes da Comarca de Vigo, até chegarmos a Tui.
O Galinheiro é um monte muito transitado pola populaçom viguesa, tanto para fazer escalada, como sendeirismo. Tem umha altitude de 709m, e desde o cume pode-se ver Baiona, as maravilhosas Ilhas Cies, a Ria de Vigo, a de Ponte-Vedra e até a Ria de Arouça, se acompanha um dia claro.
O roteiro começamo-lo desde o Galinheiro, (nom precisamos culminá–lo para poder começar a marcha), observamos inicialmente as incríveis vistas das Cies e dos pequenos coutos que arrodeiam o nosso querido Galinheiro. Toda vez iniciada a marcha, perto do Monte Arruídos, começam-se a ver as aberraçons deste sistema explorador anti-ecologista, devido às canteiras da Comarca que fijerom desaparecer grande parte dos montes do Porrinho e as Gándaras.
Mais ou menos pola metade do roteiro, já adentrados em Clavadouros, atopamo-nos com umhas das vistas mais impressionantes de todo o caminho, dentro do Concelho de Nigrám, onde se podem ver as Ilhas Cies com umha perspectiva difícil de atopar desde outros coutos, pois olha-se a Ilha Sul desde o Oeste. É claro que o roteiro foi de noite, assim que estas vistas forom complexas de desfrutar... ainda que tenhen a sua magia também, o tempo nom nos ajudou muito.
Na fase final do roteiro, já perto do destino final do Monte Aloia, considerado Parque Natural, polas serras do Pouso dos Cabreiros o tempo nom nos acompanhou, tivemos um nevoeiro-poalha bastante espessa, que nom nos permitiu gozar afinal das vistas.
Avistarmos a Pedra do Acordo indica-nos a chegada ao Aloia, que recebe este nome devido a que antigamente se reuniam os responsáveis dos Concelhos de Tui, Gondomar e do Porrinho para a toma de decissons.
O Concelho de Tui, pertence ao chamado Baixo Minho, onde se pode desfrutar de todo o percurso do rio até a desembocadura no Oceano Atlântico, onde está o Monte de Santa Tegra, muito conhecido polas suas apaijonantes vistas, que separa a nossa Galiza do país vizinho, Portugal. Mas isso ficará para outro roteiro! Esta vez de dia, para comprovarmos que é igual ou mais bonito que todo o que estivemos a observar ao redor neste fantástico roteiro nocturno, que nos fijo conectar coa realidade da natureza, acompanhados da magia da lua cheia de verao.



A grupo de Vigo de AMAL organizou este roteiro em agosto de 2008 pola serra do Galinheiro. Começando a sexta-féira 15 de Agosto e com actividades programadas para o Sábado 16:

Detalhes para o Acampamento 2017 Olá montanheiras! Já está toda pronto para o acampamento: esta sexta-feira, dia 15 de S...