Recuperar o rural para defender a Terra: Acampamento de montanha 2012


    Lugar: Freás de Canda (Concelho de Pinhor). Comarca do Carvalhinho.
    Data: A fim de semana do 21, 22 e 23 de setembro de 2012.
     Contato: Telef. 988 280 400 (de 9h a 13h). aguaslimpas@gmail.com

Programa do acampamento
Sexta-feira 21 de setembro
·         16h. Recepçom de campistas.
·         17h. Rota ciclista polo Irixo.
      A rota em bici vai-nos achegar até a Serra da Madanela. Subiremos pola cara Norte,bordeando, até o coto do Marco. Desde aqui teremos umha vista quase cenital do Irijo, e estaremos a escassos metros do monte comunal onde a Junta e mais o presidente da câmara municipal deste concelho, Manuel Penedo, maquinam com instalar umha incineradora. Retornaremos através dos eólicos que dominam o monte, passando polo pico mais alto, o Pico Seco, que conta com 938 m. Desde aqui agarda-nos umha forte baixada e voltaremos cara a Freás subindo uns quilómetros depois de passar o rio Arenteiro a umha cota de 465m. Teremos nos conta-quilómetros por volta de 30 kms. Como resumo dizer que será umha rota de dureza alta. Para assistir será necessária umha bici bem de montanha, bem de passeio. Se alguém nom puidesse trazer bici pode consultar no telefone de contacto, pois pode que tenhamos algumha disponível. Telefone: 988280400 (Antom) de 9:00 a 13:00.

·         21h. Ceia (levar comida).

Sábado 22 de setembro
·         8h. Alvorada.
·         8:30h. Almorço.
·         9h. Roteiro pola serra da Martinhá (8 horas de duraçom aproximada com paradas. Dificultade baixa).
·         20h. Ceia.
·         21h. Jogos e foliada (trazer instrumentos e cancioneiro).

Domingo 23 de setembro
·         9h. Alvorada.
·         9:30h. Almorço.
·         10h. Reconhecimento de prantas.
·         12h. Charla “Vida e resistência no rural”
o   Apresentaçom da plataforma contra a incineradora do Irixo.
o   Representante dumha cooperativa agrária. 
14h. Comida.
16h. Feche do acampamento de montanha 2012.

·       Indicaçons de importância:
Cada quem que leve a sua louza (copos, pratos, talheres), tenda, saco-cama, roupa (também de abrigo e de chuva), lâmpadas e  instrumentos musicais.

AMAL cobre todas as comidas do acampamento desde o sábado (nom as da sexta-feira). Os produtos som do pais com almorços abondosos e pam de cea.

O custe do acampamento que inclui comidas é de 20€ (para quem nom puider pagar será gratuito).

A AGRUPAÇOM DE MONTANHA AUGAS LIMPAS (A.M.A.L.) é umha organizaçom independentista de defesa da terra. Toma o seu nome de um dos campamentos que o Exército Guerrilheiro do Povo Galego Ceive tinha nos Montes do Invernadoiro, no Maciço de Maceda.

A Terra galega comprende a actual Galiza administrativa e os territórios históricos orientais da Terra Návia-Eu, Vale de Íbias e Berzo,
a Cabreira e a Seabra.

A defesa da Terra implica conhecer, sentir, respeitar, desfrutar e identificar-se com o nosso País, o seu povo e a sua cultura.

A defesa da Terra implica defender o direito das galegas e galegos a vivermos dignamente no nosso território, sem ingerências impostas desde fora.

A defesa da Terra implica viver e relacionar-se com outras pessoas e com a natureza longe dos parámetros do consumo, individualismo e depredaçom capitalistas.

A defesa da Terra implica construir umha comunidade de resistência que faça frente à violência e espólio sistemáticos que se exercem sobre os recursos naturais, económicos e identitários da Galiza.


A AGRUPAÇOM DE MONTANHA AUGAS LIMPAS tem como actividades:

  • Conhecimento e desfrute da nossa Terra.
  • Marchas e campamentos de montanha.
  • Conscientizaçom e denúncia das agressons sobre o nosso território.


As actividades desenvolvem-se em território galego. O funcionamento interno é assembleário, havendo responsáveis de distintas funçons e actividades.

O símbolo da AGRUPAÇOM DE MONTANHA AUGAS LIMPAS é um/ha montanheiro/a com cabeça de cabra, símbolo de identificaçom com a nossa Terra.

Poderá fazer parte da A.M.A.L. qualquer galeg@ que partilhe estes princípios e esteja dispost@ a participar nas suas actividades.