SOS a Grova e AMAL organizam um roteiro reibindicativo pola Serra da Grova o sábado 1 e o domingo 2 de dezembro



- Dificultade do roteiro: Baixa. Só faremos 8 km o sábado. 4 de manha e 4 de tarde. O domingo faremos actividades lídico-reibindicativas.

A asociaçom ecologista SOS a Grova, conjuntamente coa Agrupaçom de Montanha Áugas Limpas, organizamos um roteiro reibindicativo pola Serra da Grova para asinalar as principais agresons da implataçom dum parque eólico que de se construir estragará boa parte da riqueza arqueológica e meio-ambiental da Serra da Grova.

Esta construiçom é innecesaria. Exportamos o 40% da electricidade que producimos. Este é um negócio que adoita estar em maus de empresas multinacionais, neste caso a empresa promotora do parque na Grova é EUROVENTO. 50% de capital espanhol (Acciona) e 50% de capital Japonés.

Só no espaço correspondente ao Concelho de Oia hà 270 restos arqueológicos, entre os catalogados e os que estám en proceso de catalogación. Este parque de 21 aerogeradores ocuparia permanentemente umha superfície equivalente ao 37% de Vigo, a cidade mais grande da Galiza, afectaria permanentemente a umha superfície equivalente ao 70% da mesma e teria competencia sobre un espaço igual a 1,9 vezes esa cidade.

NOM AO PARQUE EÓLICO NA SERRA DA GROVA!!!

A AGRUPAÇOM DE MONTANHA AUGAS LIMPAS (A.M.A.L.) é umha organizaçom independentista de defesa da terra. Toma o seu nome de um dos campamentos que o Exército Guerrilheiro do Povo Galego Ceive tinha nos Montes do Invernadoiro, no Maciço de Maceda.

A Terra galega comprende a actual Galiza administrativa e os territórios históricos orientais da Terra Návia-Eu, Vale de Íbias e Berzo,
a Cabreira e a Seabra.

A defesa da Terra implica conhecer, sentir, respeitar, desfrutar e identificar-se com o nosso País, o seu povo e a sua cultura.

A defesa da Terra implica defender o direito das galegas e galegos a vivermos dignamente no nosso território, sem ingerências impostas desde fora.

A defesa da Terra implica viver e relacionar-se com outras pessoas e com a natureza longe dos parámetros do consumo, individualismo e depredaçom capitalistas.

A defesa da Terra implica construir umha comunidade de resistência que faça frente à violência e espólio sistemáticos que se exercem sobre os recursos naturais, económicos e identitários da Galiza.


A AGRUPAÇOM DE MONTANHA AUGAS LIMPAS tem como actividades:

  • Conhecimento e desfrute da nossa Terra.
  • Marchas e campamentos de montanha.
  • Conscientizaçom e denúncia das agressons sobre o nosso território.


As actividades desenvolvem-se em território galego. O funcionamento interno é assembleário, havendo responsáveis de distintas funçons e actividades.

O símbolo da AGRUPAÇOM DE MONTANHA AUGAS LIMPAS é um/ha montanheiro/a com cabeça de cabra, símbolo de identificaçom com a nossa Terra.

Poderá fazer parte da A.M.A.L. qualquer galeg@ que partilhe estes princípios e esteja dispost@ a participar nas suas actividades.