Curso de iniciaçom à escalada. Serra do Galinheiro

O Centro Social Faisca de Vigo organizou para a Agrupaçom de Montanha "Augas Limpas" um curso de iniciaçom à escalada.

Membros do Clube Alpino Faísca, clube de escalada vinculado ao centro social do mesmo nome impartirom curso de iniciaçom à escalada para a AMAL.


O curso tivo lugar no monte Galinheiro, situado na serra do mesmo nome, entre as parróquias de Zamáns e Vincios e a 13 km de Vigo. A formaçom rochosa que coroa o monte e na que se realizou o curso é um gnaisse*, rocha pizarrosa semelhante ao granito que raras veces se atopa na superfície da corteza terrestre como aqui, sendo um dos menos de meia dúzia de casos que existem no mundo.


A jornada começou com a subida até a zona de escalada, desde onde graças ao dia claro puidemos desfrutar das vistas sobre os vales circundantes e a ria.


Depois de termos chegados, os monitores do curso facilitarom-nos o material preciso (pes de gato, cordas, arnês, grilos,…) e as noçons básicas sobre a sua utilidade e de como usá-lo. Com estas explicaçons e as que surgirom sobre a marcha fomos aprendendo as técnicas básicas: fazer força com as pernas mais que com os braços, como manejar a corda, quê fazer em caso de esbarar,.. .


A modalidade de escalada que praticamos é a conhecida como escalada desportiva, quer dizer, trepar por paredes previamente equipadas com seguros de maneira que com total segurança só tens que preocupar-te de subir sem mais ajuda que os pes e as maos.

No Galinheiro existem 174 vias de escalada, com alturas entre os 6 e 34m; e dificuldade entre os niveis 4 e 7c+/8a nas que a rocha apresenta zonas com distintas formas o que conleva variaçons na dificuldade.

Realizamos 3 subidas sobre tres das vias do Galinheiro, todas de dificuldade básica (nivel 4). Os monitores subirom primeiro colocando a corda nos seguros e depois trepamos o resto já asegurados.

A experiencia resultou moi positiva, tanto polo repto de enfontar-se à subida dumha parede, como polo ambiente de companheirismo e desfrute do meio ao que vai ligado a prática da escalada.

Muito obrigadas aos monitores!!

* Gnaisse: Rocha metamórfica ou cristalofílica que tem sufrido transformaçons na sua composiçom e estrutura por altas temperaturas e grandes presons, principalmente. Considera-se umha fase anterior ao granito.

Obtenido de "http://pt.wikipedia.org/wiki/Gnaisse"


CRÓNICA EM IMAGENS DO CURSO:



































APRESENTAÇOM DO ROTEIRO:


Domingo 21 de Xunho.
Curso de iniciaçom à escalada:

O Centro Social Faisca de Vigo organizou para a Agrupaçom de Montanha "Augas Limpas" um curso de iniciaçom à escalada.

A jornada tambem será aproveitada para fazer um pequeno roteiro polo monte Galinheiro e visitar os seus petroglifos.


Características: O curso é gratuito. Será na zona de escalada do monte Galinheiro.
Material e comida: Os proprios monitores do curso facilitaram pés de gato (calçado especial para escalar) às pesoas participantes. Levade roupa cómoda para escalar. Levade auga (2 litros por pesoa) e comida para o jantar.
Data e saida: Domingo 21 de junho. Combinamos às 10:30h no CS Faisca de Vigo.

A AGRUPAÇOM DE MONTANHA AUGAS LIMPAS (A.M.A.L.) é umha organizaçom independentista de defesa da terra. Toma o seu nome de um dos campamentos que o Exército Guerrilheiro do Povo Galego Ceive tinha nos Montes do Invernadoiro, no Maciço de Maceda.

A Terra galega comprende a actual Galiza administrativa e os territórios históricos orientais da Terra Návia-Eu, Vale de Íbias e Berzo,
a Cabreira e a Seabra.

A defesa da Terra implica conhecer, sentir, respeitar, desfrutar e identificar-se com o nosso País, o seu povo e a sua cultura.

A defesa da Terra implica defender o direito das galegas e galegos a vivermos dignamente no nosso território, sem ingerências impostas desde fora.

A defesa da Terra implica viver e relacionar-se com outras pessoas e com a natureza longe dos parámetros do consumo, individualismo e depredaçom capitalistas.

A defesa da Terra implica construir umha comunidade de resistência que faça frente à violência e espólio sistemáticos que se exercem sobre os recursos naturais, económicos e identitários da Galiza.


A AGRUPAÇOM DE MONTANHA AUGAS LIMPAS tem como actividades:

  • Conhecimento e desfrute da nossa Terra.
  • Marchas e campamentos de montanha.
  • Conscientizaçom e denúncia das agressons sobre o nosso território.


As actividades desenvolvem-se em território galego. O funcionamento interno é assembleário, havendo responsáveis de distintas funçons e actividades.

O símbolo da AGRUPAÇOM DE MONTANHA AUGAS LIMPAS é um/ha montanheiro/a com cabeça de cabra, símbolo de identificaçom com a nossa Terra.

Poderá fazer parte da A.M.A.L. qualquer galeg@ que partilhe estes princípios e esteja dispost@ a participar nas suas actividades.